Ministro Gilmar Mendes profere uma lição sobre “Hermenêutica Constitucional”

Publicado em Sex, 29/01/2016 - 12:19

No dia 13 de Janeiro o atual membro e ex Presidente do STF do Brasil e Vice Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Prof. Doutor Gilmar Mendes proferiu, a convite do Prof. Doutor Carlos Blanco de Morais, uma lição sobre o tema “Hermenêutica Constitucional” respondendo, posteriormente, a numerosas questões que foram colocadas por doutorandos e mestrandos.

Ao concorrido e participado evento, que estreitou as relações entre a Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e o IDP de que o Ministro Gilmar Mendes é o fundador, esteve presente o Presidente do Instituto de Ciências Jurídico-Políticas Prof. Doutor Jorge Miranda.

Podem ser visionadas aqui mais fotografias do evento.

 

AVISO DE ABERTURA DE PROCEDIMENTO CONCURSAL

DE SELEÇÃO INTERNACIONAL PARA A CONTRATAÇÃO DE DOUTORADO/A

AO ABRIGO DO ARTIGO 4.º DO...

Reunido o Plenário do Grupo de Ciências Jurídico-Políticas no dia 30 de junho de 2020, aprovou por maioria superior a dois terços a seguinte deliberação:

 

...

Foi publicado na secção de Papers um artigo do Professor Doutor Fausto de Quadros in memoriam ao Professor Doutor André Gonçalves Pereira.

O artigo originalmente publicado na...

AVISO DE ABERTURA DE PROCEDIMENTO CONCURSAL DE SELEÇÃO INTERNACIONAL PARA A CONTRATAÇÃO DE DOUTORADO/A AO ABRIGO DO ARTIGO 4.º DO DECRETO-LEI N.º 57/2016, DE 29 DE AGOSTO, COM...

1.  Na sequência do Comunicado da Universidade de Lisboa e do ...

O Professor Doutor Carlos Blanco de Morais foi reeleito Presidente do Grupo de Ciências Jurídico-Políticas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa pelos professores do...

 

Resumo do anúncio

Determina-se a abertura de concurso para a atribuição de 1 (uma) Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia no âmbito do CIDP –...

O CIDP – Centro de Investigação de Direito Público foi responsável pela organização de quatro workshops de formação para magistrados sobre implementação do Direito da...

Páginas

black